VENDAS DE DISCOS EM PORTUGAL: GALARDÕES, DISCOS MAIS VENDIDOS, ETC...



quinta-feira, 19 de julho de 2012

Qual o disco mais vendido de todos os tempos em Portugal?

Qual o disco mais vendido de todos os tempos em Portugal

O primeiro disco de "Floribella" vendeu mais de 200.000 exemplares, havendo apenas mais 3 artistas a consegui-lo desde que a Associação Fonográfica Portuguesa elabora o top nacional de vendas de CDs e DVDs: Paulo Gonzo com "Quase Tudo", Silence 4 com "Silence Becomes It" e os U2 com "The Best Of 1992-2002".
(notícia de 2007)

Em Portugal, ao fim de três semanas, o «best of» dos U2 já atingiu a marca de quíntupla - platina, correspondente a 200 mil discos vendidos.

(Blitz, 30 de Novembro de 1998)

Lista divulgada  em 1999 pela AFP


1 - Feijão Com Arroz - Daniela Mercury (1996) - 247.000
2 - O Caminho da Felicidade - Delfins (1995) - 240.000
3 - Quase Tudo - Paulo Gonzo (1997) - 225.000
4 - Album Dance - Iran Costa (1995) - 220.000
5 - Romanza - Andrea Bocelli (1996) - 210.000
6 - Saber A Mar - Delfins (1997) - 201.000
7 - Silence Becomes It - Silence 4 (1998) - 200.000
8 - Tempo - Pedro Abrunhosa (1996) - 185.000
9 - Eu Sou Aquele - Excesso (1997) - 165.000
10 - Netinho Ao Vivo - Netinho (1997) - 160.000

JC, 02/02/1999

Apenas são referidos discos editados após 1989 não aparecendo nomes como Roberto Carlos, Marco Paulo, Amália Rodrigues ou Frei Hermano da Câmara.

Da lista não fazem parte discos lançados por editoras que não pertencessem à AFP. Editoras como a Discossete ("Lambada", Quim Barreiros), a Movieplay (Dulce Pontes) ou o início da editora Espacial (discos de Ágata, Tony Carreira, "Mãe Querida" ) não aparecem aqui.



Feijão Com Arroz - Daniela Mercury (1996) - 247.000

O Caminho da Felicidade - Delfins (1995) - 240.000
Quase Tudo - Paulo Gonzo (1997) - 225.000
Album Dance - Iran Costa (1995) - 220.000
Romanza - Andrea Bocelli (1996) - 210.000
Saber A Mar - Delfins (1997) - 201.000
Silence Becomes It - Silence 4 (1998) - 200.000
Floribella - Flor [2006] - 10P (200.000)
Tempo - Pedro Abrunhosa (1996) - 185.000
Mingos e Samurais - Rui Veloso [1990] - 7P (168.000?)
Eu Sou Aquele - Excesso (1997) - 165.000
Netinho Ao Vivo - Netinho (1997) - 160.000
Laundry Service - Shakira [2002] - 4P (160.000)
Tribalistas - Tribalistas [2003] - 4P (160.000)
Sem Limite - Santamaria [1999] - 4P (160.000)
Acústico - André Sardet [2006] - 8P (160.000)
Rock In Rio Douro - GNR [1994] - 4P (160.000)
O Concerto Acústico - Rui Veloso [2003] - 8P (160.000?)
Best of 1980-1990 - U2 [1998] - 5P (100.000?)


http://blitz.sapo.pt/qual-o-disco-mais-vendido-de-todos-os-tempos-em-portugal=f54766

4 comentários:

trem disse...

Carlos Pinto (Sony) exemplifica: a Daniela Mercury chegou a vender 300 mil exemplares no mercado nacional, o Paulo Gonzo 250 mil, e o Pedro Abrunhosa 80 mil. Tendo em conta o investimento necessário para o lançamento de um disco, não é de admirar que as editoras optem por adiar o investimento em novos valores.

Revista Exame: Volume 15, Pag.67, 2003

Pedro Macedo disse...

O disco mais vendido foi o da Ágata que ultrapassou as 300.00 mil cópias!!! De onde surgiram estes numeros?

bpt disse...

Onde leu sobre as vendas desse disco da Ágata? http://topdisco.blogspot.pt/2010/12/caderneta-de-cromos.html diz: "O sucesso de Ágata só chegou com ‘Perfume de Mulher’, aos 34 anos. Hoje conta com três duplas platinas – ‘Maldito Amor’, ‘Mãe Solteira’ e ‘Abandonada’. ‘Escrito no Céu’ chegou quase a ser tripla platina"

bpt disse...

No blog diz que apenas são referidos os dados da AFP e na altura a Espacial não fazia parte dessa associação. Mas contando com as cassetes podemos sempre ter um número de vendas extraordinário basta ler os textos que estão aqui no blog sobre o Iran Costa (470.000 cassetes) ou sobre um dos discos do Tony Carreira (600.000 a 800.000 cópias e que o próprio converte em 200.000 cds).